Saúde é um tema sério, prefira ESPECIALISTAS

O que é um conteúdo Guest Post e como usar a favor do blog?

conteúdo guest post

O termo guest post em sua tradução livre quer dizer ‘post convidado’ e funciona de maneira simples – alguém é convidado para escrever em um site/blog. Se você tem um site, faz o convite a um especialista dentro do teu segmento de atuação. Na maioria dos casos, os sites ‘se convidam’ para a publicação de um guest post.

Os conteúdos guest post fazem parte de uma estratégia de SEO, mais precisamente de linkbuilding, que tem como finalidade aumentar a visibilidade de um site nos motores de busca, que explicado da maneira mais simples quer dizer ‘tornar o site visto’.

Reais vantagens do conteúdo guest post

  • Oferecimento de conteúdos de alto valor – A modalidade de guest post pode ser importante para os blogs que estabelecem uma parceria, porque ambos têm a possibilidade de agregar material de alto valor ao seu acervo, o que é altamente importante em termos de fortalecimento do domínio (relevância) de um site na internet.
  • Alcance de nova audiência – Até que um site se consolide no meio digital leva um certo tempo e dedicação, e há muitos sites se dedicando na busca por mais visibilidade. Essa estratégia de conteúdo guest post pode ajudar um blog a alcançar nova audiência, levando a sua marca a pessoas que a desconheciam até então.
  • Guest post confere autoridade no segmento de atuação – Se um blog (que se refere a uma marca) consegue estar presente em inúmeros outros sites relevantes, como voz de especialista, em pouco tempo, ganhará uma posição de autoridade dentro do tema.
  • Melhor posicionamento nos motores de busca – Como já foi mencionado, o conteúdo guest post faz parte da estratégia de linkbuilding. Quanto mais links de um site/marca estiverem em sites relevantes na internet, melhor será o posicionamento orgânico (natural) nos motores de busca, sendo o Google, o principal deles.

ConfiraFornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

Deseja aplicar a estratégia de Guest Post e não sabe por onde começar?

Faça uma busca estratégica por sites parceiros e organize essas informações. Coloque o endereço do site, qual a autoridade do domínio (aqui sugestão de ferramenta gratuita), coloque o setor de atuação, endereço de e-mail e tenha um controle de se já foi ou não contatado.

A ideia é procurar por sites que façam sentido para a parceria guest post, se alguém tem um site sobre culinária vegana não faz nenhum sentido ter um conteúdo publicado em um site de receitas tradicionais. É preciso fazer sentido para que em termos de SEO funcione!

VejaSinais de um bom conteúdo – Saiba quais são os principais

E como deve ser o conteúdo Guest Post?

O conteúdo a ser enviado para um site de segmento semelhante não é o mesmo que é publicado habitualmente no blog. É preciso ser um artigo coerente com a temática, com a maneira de abordagem dos assuntos do site, como é explicado por Neil Patel em artigo na HubSpot. Os portais de grande qualidade na internet contam com profissionais experientes que estão sempre muito atentos a analisar um conteúdo.

O título precisa ser ótimo, o assunto principal precisa estar logo no primeiro parágrafo, a informação precisa ser consistente e original. Em casos em que um blog deseja trabalhar com essa modalidade de guest post, mas não tem alguém na equipe que possa fazer um conteúdo especializado para esse tipo de ação, o indicado é procurar por uma empresa especialista em conteúdo, para que a estratégia de fato funcione.

Escrever sobre qualquer assunto – é possível?

escrever sobre qualquer assunto

A resposta é sim… É possível escrever sobre qualquer assunto e todos os temas podem ser abordados com técnicas específicas e dedicação. Mas antes de conhecer importantes dicas sobre como pode produzir conteúdos em torno de qualquer tema que queira, é preciso antes compreender sobre o que é conteúdo web.

 

O que é conteúdo web?

De acordo com a produtora de conteúdo, Rock Content, o conteúdo web é aquele criado com foco no funil de vendas e é planejado em torno dele. Aquele que produz conteúdo na internet deve escrever com foco nos objetivos da persona (do perfil de cliente dentro do público-alvo), de maneira que esse conteúdo possa alcançá-lo.

Funil de vendas também pode ser tratado como pipeline e explicado de maneira resumida, se refere a um modelo estratégico que aborda a jornada do lead (potencial cliente) desde o primeiro contato com uma empresa, até mesmo depois de se tornar cliente como aquele que se relaciona com a marca.

Leia também: Conteúdo para a área da saúde – como produzir?

 

Escrever sobre qualquer assunto – Confira 7 dicas importantes

Para algumas pessoas, escrever um texto pode parecer um pesadelo, principalmente quando não se conhece o tema a ser abordado. Atualmente, há empresas especializadas em produção de conteúdo, com profissionais engajados em pesquisas, como é o caso da Biquara Contents, da Rock Content, entre outras.

Para te ajudar nessa tarefa, listamos 7 dicas que te ajudarão a escrever sobre qualquer assunto.

  1. Intensa pesquisa – Se você não sabe nada sobre o tema que irá abordar ou sabe superficialmente, precisará procurar dados e mergulhar no tema, para que compreenda e possa escrever com precisão e riqueza.
  2. Comece com um esboço – Após a pesquisa, faça um esboço indicando quais os assuntos serão abordados no texto e a ordem em que estarão.
  3. Use linguagem clara – Aproveite todos os dados importantes obtidos a partir da pesquisa que realizou, não é o excesso de palavras que fará a diferença, mas a construção de ideias a partir de palavras. O texto precisa ser claro para o leitor e o mais didático possível.
  4. Saiba conquistar – O desafio é por meio da linguagem fazer com que o leitor conheça sobre o tema e se sinta ‘bem informado’. Uma maneira de deixar o texto mais atrativo é se utilizar de exemplos práticos ou de metáforas que possam ligar o leitor ao assunto.
  5. Sem pressa – Se o assunto for desconhecido, o tempo que precisará para escrever é maior. Não existe pesquisa rápida e simplesmente ‘sair escrevendo’, saiba que levará algum tempo. Quanto tempo? Apenas você saberá ao mergulhar nessa tarefa.
  6. Não seja prolixo – Se você tem uma tendência a complicar assuntos simples, se policie e procure mudar isso. Leitores não se atraem por textos muito complexos, a internet requer dinamismo.
  7. Se aprimore – Uma das principais dicas para escrever sobre qualquer assunto em língua tão complexa e repleta de regras como o português, é se cercando de boas referências. Leia mais, ter contato com livros te aproxima de um repertório rico de palavras e linguagens. Se o seu problema é a falta de tempo, estipule uma atividade: leia um livro por mês, se for um livro de 300 páginas, por exemplo, lendo 10 páginas ao dia você cumpre a atividade.

Confira: Informar com qualidade – Por que é tão importante?

 

Vantagens das redes sociais – 10 razões para ser ativo no mundo digital

São muitas as vantagens das redes sociais para um negócio, atualmente, com o constante avanço do mundo digital e com tantas novidades que surgem a cada momento, é importante estar na onda, se quiser fortalecer e consolidar a sua marca.

A primeira dúvida que surge em um primeiro momento é: qual rede social devo escolher? A resposta é uma pergunta importante: onde o seu público está? Se você for do ramo de negócios, por exemplo, o ideal,  além do Facebook e Instagram, é ter uma participação no LinkedIn e até no Youtube.

Já se a sua marca está ligada ao público jovem e se a linguagem que utiliza é mais informal, descontraída, redes como o Twitter, YouTube e até o Tumblr podem ser exploradas. Embora o Tumblr não seja tratado diretamente como rede social, é uma plataforma que gera grande interação entre blogueiros, permitindo o compartilhamento de textos curtos, imagens, gifs, músicas, entre outros, e tem recursos parecidos com o do Facebook, permite curtidas.

A rede social Instagram anunciou neste ano (confira) que tem 1 bilhão de novos usuários ao mês. Para concorrer com o YouTube, foi anunciado em evento em São Francisco, que o Instagram lançará o IGVT, aplicativo que permitirá que usuários assistam vídeos de até uma hora.

Dentre as muitas vantagens das redes sociais, nós separamos 10. Saiba porque é tão necessário interagir com o seu público usando o meio digital.

Confira: 6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

 

Vantagens das redes sociais – 10 principais

1 – O seu público é participante online – A internet faz parte hoje da vida de bilhões de pessoas no mundo. Gera comodidade, encurta distâncias e muitas pessoas preferem resolver os seus problemas por meio da internet, como comprar, pagar, se informar, se divertir, etc. Se quiser alavancar a sua marca, participe do meio digital e esteja presente na interação com o seu público.

2 – Possibilidade de segmentar o público – Cada post em rede social pode ter um propósito diferenciado. Você pode escrever para parte do público que já é seu cliente, com a finalidade de estreitar as relações, de informar, de esclarecer, etc. Mas você também pode postar para o público que ainda não consome a sua marca. Com o recurso do Facebook Ads, por exemplo, você pode selecionar o público-alvo que deseja que visualize as suas postagens, com base em informações como: preferências, comportamento, idade, etc.

3 – Gera confiança – A interação e o ato de humanizar a relação entre você e o seu público geram em longo prazo, confiança. Em cada interação com o seu público  há oportunidades de gerar uma excelente experiência com a sua marca.

4 – Torna a marca conhecida – Faz parte das vantagens das redes sociais para o seu negócio o posicionamento e visibilidade da sua marca. O mundo digital pode fazer com que conquiste mais pessoas, o que não seria possível por mídias tradicionais. Tem acompanhado as notícias sobre grandes revistas que têm deixado de circular no Brasil? (veja matéria) Isso é reflexo da forte presença do mundo digital, da necessidade de que os meios de comunicação estejam online, porque as pessoas ou ‘usuários’ estão online.

5 – Custo-benefício – Se comparada a outras mídias, as redes sociais oferecem muitas vantagens quanto a custo mais baixo e retorno de resultados mais rápidos.

6 – Permite interação criativa – Participando das redes sociais e ao estar onde o seu público está, é possível conversar a língua dele, usar de criatividade preparando conteúdos de qualidade diferenciados e que possam alcançar mais pessoas. Usar um meme do momento ou convidar um influencer do mundo digital, que se encaixe à sua marca pode ser uma boa estratégia – esse foi o caso da Freeco que teve o seu produto apresentado pela Youtuber JoutJout (veja abaixo)

7 – Análise de concorrência – Ver como o concorrente engaja o público por meio das redes sociais, pode dar insights sobre o que pode ser feito para que melhore a sua maneira de interagir com o seu público.

8 – Melhor posicionamento nos motores de busca – Em termos de SEO, quanto mais menções a sua marca tiver, mais facilmente o seu negócio será encontrado no meio digital. É claro que é essencial que exista conteúdo otimizado de qualidade no blog da sua marca e que este conteúdo seja divulgado nas diferentes redes sociais para o seu público.

9 – Pode impactar – A cada post e interação com o seu público há chances de conquistá-lo a ponto de que prefira a sua marca. Há estratégias de comunicação que devem ser trabalhadas no engajamento por meio das redes sociais.

10 – Cria autoridade para o seu negócio – Dentre as muitas vantagens das redes sociais está a possibilidade de ver o sentimento geral dos que consomem a sua marca. Se você é ativo na interação com o seu público e tem se empenhado na comunicação no meio digital, saiba que a probabilidade de que o sentimento geral do seu público seja positivo é grande.

Aprenda a usar as redes sociais a favor do seu negócio. Seja ativo, participe, interaja, comunique de maneira estratégica, lembre-se de algo muito importante: o sucesso de uma marca está na consciência do poder da era digital.

Leia: Informar com qualidade – Por que é tão importante?

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.

Fornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

Fornecedores de conteúdo – já ouviu falar? É uma maneira que tem se popularizado de tratar as empresas que produzem conteúdo, inclusive, muitas agências de marketing digital costumam terceirizar os serviços de produção de conteúdo a outras empresas, que são chamadas de fornecedores.

O portal Resultados Digitais (confira), quando se refere a marketing de conteúdo, dá como exemplo a empresa do segmento de máquinas agrícolas John Deere, que em 1895 publicou a primeira edição da revista The Furrow, focada no compartilhamento de conteúdo com o público interessado em agricultura. A empresa não ‘empurrava’ os produtos, apenas focava em informar.

O resultado dessa estratégia de marketing de conteúdo bem aplicada da John Deere, foi que, por meio dos conteúdos, as pessoas passavam a descobrir dores que até então desconheciam e ao necessitar de uma compra, lembrariam de uma marca de confiança. Conteúdos de qualidade com estratégias adequadas geram confiança.

O marketing de conteúdo gera leads (atrai potenciais clientes), por isso é tão importante que você escolha uma agência de conteúdo digital com um excelente histórico de produção de conteúdo e que atenda a alguns importantes requisitos.

 

Fornecedores de conteúdo – requisitos para a melhor escolha

Flexibilidade – Um bom fornecedor de conteúdo está preparado para as possíveis mudanças que poderão ser solicitadas pelo cliente. Nem todos os profissionais de conteúdo realmente se envolvem com o negócio/marca e têm essa flexibilidade.

Conhecimento do segmento – Não basta contratar os serviços de uma agência de conteúdo digital sem se certificar de que os profissionais produzirão conteúdo alinhado com as suas estratégias e com visão nos resultados que pretende alcançar.

Quem é a persona? – Bons fornecedores de conteúdo conhecem o público-alvo do negócio que será atendido, estarão por dentro da persona (perfis de pessoas em cada segmento do público do negócio) e conseguirão atender a essas personas com conteúdo rico, que atenda às suas necessidades.

Prazos – É essencial que entre empresa e agência ou entre agências haja transparência na comunicação, planejamento em relação aos prazos para a entrega dos materiais, de maneira que nenhuma das partes se prejudique. Quem contrata os serviços de fornecedores de conteúdo precisa também de flexibilidade e compreensão de que um material rico leva tempo e de que a agência contratada também conta com a demanda de outros clientes.

Qualidade – Conhecer o histórico do fornecedor e se atentar ao portfólio da agência de conteúdo digital é fundamental. O que faz a diferença em uma estratégia de content marketing é a excelente qualidade do conteúdo.

Veja também: 6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

 

Produção de conteúdo não é ‘express’

Tenha o pé atrás com agências de conteúdo que prometem entrega quase imediata, escrever exige tempo, técnica, conhecimento, prática e pesquisa. Conteúdos não nascem do dia para a noite.

O ideal é procurar por fornecedores de conteúdo que possam ser chamados de parceiros, com os quais se pode contar em uma relação de confiança em que se respeitam os diferentes processos.

Como atrair clientes com conteúdo? É o seu questionamento? Além da qualidade unida à técnica, é preciso que o conteúdo esteja dentro da ideologia da sua empresa.  Se uma agência de conteúdo consegue te entregar essa solução, então se trata de um bom fornecedor de conteúdo e o próximo passo é fortalecer essa parceria!

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.

Sinais de um bom conteúdo – Saiba quais são os principais

Sinais de um bom conteúdo podem mais do que ser vistos, mas ser percebidos por quem lê, ainda que a pessoa sequer perceba o que torna aquele conteúdo atraente para si. É complexo pensar nisso? Conteúdos são complexos, mas é maravilhoso quando podem conversar com o público.

 

Sinais de um bom conteúdo existem? Sim. Quais são?

Em 2015 foi publicado um artigo na versão eletrônica da revista Forbes sobre  ‘As 6 características de um ótimo conteúdo’, a autora Cheryl Conner relatava sobre a experiência de participar de uma palestra ministrada por Jack Hadley, sócio da empresa de mídia social MySocialPractice, sobre as principais característica de um bom conteúdo.

Hadley naquela apresentação, cujo público era de ortodontistas, falava especialmente sobre como aquele público poderia se comunicar melhor e atingir mais clientes. Para entender, nos Estados Unidos, o número de ortodontistas em 2014 era de 9 mil e esses profissionais assumem uma posição de empreendedores, com salários superiores ao de profissionais que trabalham com CEO nos EUA.

Na palestra, Hadley falava sobre a necessidade que o meio digital impõe de que os profissionais se comuniquem de maneira eficaz. ‘É preciso se comunicar de maneira excepcional’, acredita.

Baseado nessa apresentação de Hadley e em nossa experiência, listamos alguns sinais de um bom conteúdo.

Leia também: Gerar conteúdo para a internet – confira dicas importantes

10 sinais de um bom conteúdo

1. Gera envolvimento – Se você sabe quem é o seu público e consegue escrever algo que atraia, que gere envolvimento, então, esse é um dos sinais de um bom conteúdo. Há momentos em que o seu público quer respostas, em outros, procura por reflexões.

2. Oferece valor – O conteúdo precisa ser valioso, precisa oferecer algo a quem lê. Vamos supor que você é um psicólogo com especialidade em tratar crianças que sofreram violência, os conteúdos precisam reunir sensibilidade e responder às questões de quem está buscando ajuda. O tema pode ser ‘Como lidar com uma criança traumatizada por violência e abuso?’, dentro dele, com sensibilidade e clareza, podem ser respondidas questões que estão na mente de quem está lendo. A pessoa procura por uma resposta, não sabe que direção tomar e dentro do conteúdo está escrito: ‘Você não sabe o que fazer diante dessa situação e quem procurar?’ – Entende? Isso é conversar com o público.

3. Influencia – Esse é um dos sinais de um bom conteúdo. Quando você se torna uma influência em oferecer conteúdos de qualidade para o seu público, isso também gera retorno financeiro. Esse é um estágio que se alcança em longo prazo. Com um bom trabalho de conteúdo unido a técnicas de SEO, o teu site, as tuas informações de qualidade poderão ser facilmente alcançadas nos motores de busca.

4. Paixão – Dá para saber quando a equipe que produz aquele conteúdo é apaixonada pelo que faz, pelo trabalho, pelos clientes, palavras podem demonstrar o entusiasmo. Não é só escrever, é dar identidade à informação, tornar o conteúdo excelente requer ‘riqueza mental’ por parte de quem se dedica à arte da comunicação.

5. Fortalece relacionamentos – Hadley em seu discurso falava sobre o conteúdo como convite ao diálogo. Os questionamentos recorrentes entre os seus clientes, por exemplo, podem se tornar temas de conteúdos. Essa constante conversa entre conteúdos e público é capaz de fortalecer esse relacionamento, tão importante para o sucesso de qualquer negócio.

6. Pesquisa e organização – É possível identificar quando em um conteúdo houve pesquisa, aprofundamento, quando o profissional se dedicou para oferecer uma informação valiosa. As informações em um bom conteúdo também demonstram organização, ou seja, houve por parte do profissional um prévio planejamento sobre o que iria escrever.

7. Coerência – Principalmente depois de tanto se falar em SEO e em otimização de conteúdos, podemos ver em muitos sites a proliferação de conteúdos com repetição excessiva de palavras-chave (sem contar excesso de links), que poluem o conteúdo e atrapalham a coerência do texto. Técnicas precisam estar alinhadas com uma prática incansável, afinal, escrever é uma arte que requer constante aprendizado.

8. Originalidade – Com certeza você já se deparou com muitos textos semelhantes na internet, como se faltasse identidade própria, originalidade. É possível oferecer um conteúdo que tenha técnica, mas sobretudo, que seja original, que traga algo novo, alguma informação que possa ser a diferença em um mundo virtual marcado por cópias.

9. Tem uma voz única – Você já leu alguma coisa na internet que ficou na sua mente, algum texto que de alguma forma marcou a sua vida? Esse também é um dos sinais de um bom conteúdo. A mensagem fica na cabeça, a pessoa jamais esquece aquilo que leu, aquela informação. Exemplo: ‘Uma vez eu li um texto que falava sobre como a cor roxa é poderosa para atrair saúde’… Mesmo que a pessoa não lembre o título, se jogar na internet, e aquele conteúdo for o mais relevante sobre o tema, será indicado na primeira página dos motores de busca.

10. Gera identificação – Ao ler determinado conteúdo, a pessoa se sente conversando com um amigo, recebendo algum conselho ou ouvindo uma história que gere alguma identificação. ‘Eu preciso de um conteúdo, mas não de qualquer conteúdo…’, então você está aqui, lendo e provavelmente este conteúdo está conversando com a sua busca.

Se para você estes 10 sinais parecem utópicos, saiba que não são… É uma realidade, é o que realmente diferencia um excelente conteúdo de um conteúdo apenas bom. Saber escrever está além do domínio da língua e regras ortográficas, a escrita é comunicação, é linguagem e reúne complexidades.

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.