Saúde é um tema sério, prefira ESPECIALISTAS

Divulgação é a alma do negócio? Com consciência, sim!

divulgação

Há uma frase muito conhecida de um dos grandes nomes da indústria automobilística, Henry Ford “Se eu tivesse um único dólar investiria em propaganda”. Cerca de um século depois dessa frase ter sido dita, podemos compreender que publicidade aqui está englobada no que se refere à divulgação em toda a sua amplitude.

Ainda temos na atualidade um pensamento de que divulgar custa dinheiro e de que esse é um custo a mais que é melhor reter. Mas divulgação é investimento no sucesso e um dos homens mais poderosos do planeta já sabia disso.

Vamos pensar no que representa hoje a era digital no globo terrestre. As pessoas estão cada vez mais conectadas e mergulhadas na virtualidade. Em 2016, em Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C), divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foi mostrado que, apenas no Brasil, havia 116 milhões de pessoas conectadas à internet.

Onde seu público está? Quais os canais de comunicação que seu público utiliza para se informar? O que tem mudado na maneira como utiliza as redes sociais? Hoje é preciso estar onde o seu público está e conversar na língua que ele conhece.

Por muitos anos, para uma marca, ter um outdoor em evidência nos grandes centros das cidades era uma das melhores maneiras de comunicar uma marca, uma ideia e, isso alcançava milhares de pessoas. Ter um anúncio na televisão, que era um dos mais importantes meios de entretenimento das pessoas, era uma grande sacada. Mas hoje, as pessoas passam grande parte do seu tempo vidradas nas telas de seus celulares, computadores, tablets, etc. E na era digital estão no Facebook, Instagram, YouTube, Twitter, WhatsApp, etc.

Divulgação é a alma do negócio? Qualquer divulgação? Casos na política

Não tem como falar no poder na internet sem referenciar alguns casos que marcaram o Brasil e o mundo. No que se refere à política, por exemplo, Pere-Oriol Costa, especialista em campanhas eleitorais, chegou a afirmar ao jornal espanhol La Vanguardia, que a internet teve um papel fundamental na eleição do ex-presidente americano Barack Obama.

O mote do discurso do candidato democrata de como arrecadaria fundos para a campanha e de que estava construindo uma poderosa rede de voluntários, ganhou grande dimensão na internet. Obama explorou em sua campanha a grande vontade de mudança que fazia parte do desejo da população americana.

No Brasil, tivemos uma experiência inusitada, em que as redes sociais Instagram, WhatsApp e Twitter tiveram grande força na eleição do atual presidente Jair Bolsonaro (PSL). Nunca se falou tanto em fake news e no que estaria em jogo com esse consumo superficial de informações, em que não se checa a veracidade dos fatos, fontes e idoneidade dos veículos de comunicação.

Bolsonaro se utilizou da influência das redes sociais, principalmente Instagram e Twitter e ficou por conta dos eleitores toda a publicidade do candidato. Assim como nas eleições de Obama, reverberava na população a crença de que as coisas mudariam, de verdade, no Brasil.

O atual presidente americano, Donald Trump, também se utilizou do poder das redes sociais, nesse caso, o Twitter. Eram disparados tuítes por sua equipe contra a imprensa, e o tema fake news já dava às caras em sua candidatura. O atual presidente conseguiu transvestir a verdade em ódio e muitos especialistas apontam essa proeza como a sua principal ferramenta de promoção durante as últimas eleições.

Caso Empiricus – Bettina

Tudo começou com uma enxurrada de memes nas redes sociais e com o nome da funcionária da Empiricus entre os Trending Topics do Twitter. Afinal, quem é Bettina? Quem consome conteúdos no YouTube sem bloqueador de anúncios, já sabia do que se tratava. Qual era a propaganda feita pela administradora Bettina Rudolph?

Na propaganda veiculada no YouTube, Bettina conta que começou a investir ações com 19 anos de idade, com apenas R$1.520, três anos depois, afirma ter mais de R$ 1 milhão na conta. Simples assim? Não, ainda existe regulação na Publicidade.

O Procon-SP pediu a investigação da Empiricus alegando publicidade enganosa e propaganda abusiva. O caso tomou essa dimensão depois da viralização, principalmente, por meio dos memes na internet e hashtags no Twitter.

A divulgação por muito tempo foi apresentada como a alma do negócio. Mas o que temos aprendido com tantos casos no Brasil e no mundo é que não se trata apenas de divulgar, é preciso repensar o importante conceito de ética. E definitivamente, a internet não é mais tratada como ‘terra de ninguém’, as ações, ainda que nesse mar da virtualidade, são tão questionáveis quanto fora dela.

Confira: Marcando presença no mundo digital – destaque-se!

Será que, nos dias de hoje, Ford ainda diria que investiria em publicidade com apenas um dólar?

Provavelmente sim, mas com certeza, já teria entendido que muitas coisas mudaram de pouco mais de um século para a atualidade. Divulgar torna uma marca vista, leva uma marca ao público, mas esse trabalho precisa ser dirigido por conceitos éticos. Vale tudo para ser visto? Não.

Aquilo que soa como ‘estranho’ ou ‘improvável’ é imediatamente questionado pelo público, não em suas casas, mas no próprio ambiente virtual. O resultado de uma ação de divulgação é imediato, o feedback acontece agora. E aí , pronto para uma divulgação consciente?

O que é um conteúdo Guest Post e como usar a favor do blog?

conteúdo guest post

O termo guest post em sua tradução livre quer dizer ‘post convidado’ e funciona de maneira simples – alguém é convidado para escrever em um site/blog. Se você tem um site, faz o convite a um especialista dentro do teu segmento de atuação. Na maioria dos casos, os sites ‘se convidam’ para a publicação de um guest post.

Os conteúdos guest post fazem parte de uma estratégia de SEO, mais precisamente de linkbuilding, que tem como finalidade aumentar a visibilidade de um site nos motores de busca, que explicado da maneira mais simples quer dizer ‘tornar o site visto’.

Reais vantagens do conteúdo guest post

  • Oferecimento de conteúdos de alto valor – A modalidade de guest post pode ser importante para os blogs que estabelecem uma parceria, porque ambos têm a possibilidade de agregar material de alto valor ao seu acervo, o que é altamente importante em termos de fortalecimento do domínio (relevância) de um site na internet.
  • Alcance de nova audiência – Até que um site se consolide no meio digital leva um certo tempo e dedicação, e há muitos sites se dedicando na busca por mais visibilidade. Essa estratégia de conteúdo guest post pode ajudar um blog a alcançar nova audiência, levando a sua marca a pessoas que a desconheciam até então.
  • Guest post confere autoridade no segmento de atuação – Se um blog (que se refere a uma marca) consegue estar presente em inúmeros outros sites relevantes, como voz de especialista, em pouco tempo, ganhará uma posição de autoridade dentro do tema.
  • Melhor posicionamento nos motores de busca – Como já foi mencionado, o conteúdo guest post faz parte da estratégia de linkbuilding. Quanto mais links de um site/marca estiverem em sites relevantes na internet, melhor será o posicionamento orgânico (natural) nos motores de busca, sendo o Google, o principal deles.

ConfiraFornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

Deseja aplicar a estratégia de Guest Post e não sabe por onde começar?

Faça uma busca estratégica por sites parceiros e organize essas informações. Coloque o endereço do site, qual a autoridade do domínio (aqui sugestão de ferramenta gratuita), coloque o setor de atuação, endereço de e-mail e tenha um controle de se já foi ou não contatado.

A ideia é procurar por sites que façam sentido para a parceria guest post, se alguém tem um site sobre culinária vegana não faz nenhum sentido ter um conteúdo publicado em um site de receitas tradicionais. É preciso fazer sentido para que em termos de SEO funcione!

VejaSinais de um bom conteúdo – Saiba quais são os principais

E como deve ser o conteúdo Guest Post?

O conteúdo a ser enviado para um site de segmento semelhante não é o mesmo que é publicado habitualmente no blog. É preciso ser um artigo coerente com a temática, com a maneira de abordagem dos assuntos do site, como é explicado por Neil Patel em artigo na HubSpot. Os portais de grande qualidade na internet contam com profissionais experientes que estão sempre muito atentos a analisar um conteúdo.

O título precisa ser ótimo, o assunto principal precisa estar logo no primeiro parágrafo, a informação precisa ser consistente e original. Em casos em que um blog deseja trabalhar com essa modalidade de guest post, mas não tem alguém na equipe que possa fazer um conteúdo especializado para esse tipo de ação, o indicado é procurar por uma empresa especialista em conteúdo, para que a estratégia de fato funcione.

Como simplificar a escrita sem banalizar o texto?

simplificar a escrita

Podem surgir muitas dúvidas quando se fala na importância de simplificar a escrita, algumas pessoas podem confundir o ‘tornar mais simples’ com a banalização do conteúdo, mas uma coisa não tem relação com a outra.

Simplificar a escrita tem relação com tornar o conteúdo de mais clara compreensão. A principal ideia é que o público compreenda o que se está querendo dizer por meio do texto e que enxergue no conteúdo, valor, sendo assim, manterá a leitura e as chances de consumir o conteúdo até o final, aumentam.

Confira: Tendências em produção de conteúdo para 2019

Simplificar a escrita, tornando o conteúdo mais claro em 7 passos

  1. Saiba o que comunicar – Antes de começar no processo de escrita, faça uma definição do assunto que irá tratar, estabeleça quantos tópicos haverá no conteúdo. O texto ‘limpo’ sem excessos de rodeios é muito mais atraente para o público
  2. Entenda sobre a sua audiência – Essa é uma dica que pode parecer óbvia, mas é fundamental que conheça o seu público e que escreva usando termos e linguagens de fácil entendimento a essa audiência. Vamos utilizar como exemplo um programa infantil: por que as crianças gostam tanto e os adultos se sentem irritados? O roteiro/conteúdo está voltado totalmente à audiência, à linguagem, maneira de falar, aos hábitos das crianças;
  3. Explique termos não conhecidos do público – Se no texto, surge um tema um pouco mais complexo, é primordial que se explique com detalhes ao público. Palavras em outro idioma, siglas e termos, devem ser explicados no conteúdo para não deixar no público a sensação de se sentir desnorteado. Evite palavras que não sejam comumente usadas no cotidiano;
  4. Faça um esboço antes de começar a escrever – Pense em frases curtas que remetam ao tema que irá abordar. Isso pode ajudar no momento da elaboração do texto, tornando-o até mais inspirador para quem lê;
  5. Evite as confusões – Ao revisar o conteúdo, veja se não existe confusão com mais de uma ideia sendo explorada em um mesmo parágrafo, isso pode confundir o leitor, fazê-lo ler mais de uma vez, e se mesmo assim, não compreender, pode levá-lo à desistência do conteúdo;
  6. Cuidado com as palavras longas – Evite ao máximo usar palavras de grafia extensa, a não ser que realmente sejam fundamentais no conteúdo. Palavras muito longas podem comprometer a clareza do texto;
  7. Tenha consistência ao escrever – Em um site, os conteúdos devem apresentar alta qualidade e as informações devem estar claras e bem estruturadas, menos é mais, quanto mais limpo de excessos for um conteúdo, mais atrairá o público.

Leia: Dicas de empreendedorismo para freelancers de sucesso

Tornar simples não significa retirar o valor de um texto

Simplificar a escrita definitivamente está relacionado com o tornar o conteúdo fácil de entender, mas de forma alguma, quer dizer que o texto terá menos valor. Aliás, tornar um conteúdo mais simples não é fácil, é preciso ter muito cuidado no momento de revisar. Retirar os excessos e melhorar a compreensão é fundamental para um conteúdo claro e poderoso.

A ideia de um conteúdo claro é simples – a mensagem é repassada e o público compreende. Uma escrita simples chega a mais pessoas. Que tal repensar a maneira de produzir conteúdo ao público?

Tendências em produção de conteúdo para 2019

produção de conteúdo para 2019

Todo ano surgem algumas novidades referentes à produção de conteúdo. Em artigo publicado na Forbes, por Peter Boyd, são apresentadas as principais tendências em marketing de conteúdo para 2019. Boyd é advogado e fundador da PaperStreet, o foco dessa agência é fazer sites, conteúdo e marketing voltados para o segmento da Advocacia.

Dentre as tendências em produção de conteúdo para 2019, estão:

  • Conteúdos mais longos

Por muito tempo, se discutia sobre a quantidade ideal de palavras em um conteúdo, não poderia ser muito curto e nem muito longo. O tamanho apresentado como ideal é de 500 palavras. Mas em 2019, a tendência é que os conteúdos sejam mais longos, com mais de 2.000 palavras.

Segundo uma pesquisa realizada pelo BuzzSumo, empresa especializada em monitoramento de redes sociais, que analisou mais de 100 milhões de artigos, foi mostrado que conteúdos mais extensos tendem a ser mais compartilhados em redes sociais do que conteúdos menores. As chances de uma marca ser considerada autoridade em um assunto aumentam quando o conteúdo é mais longo e apresenta vasta pesquisa dentro do tema abordado.

Provavelmente essa seja uma tendência que vá se expandindo aos poucos neste ano, conforme os resultados e novidades que surjam sobre o assunto.

  • Vídeos continuam com força total na internet

O conteúdo no formato de vídeo tem um grande poder e será muito explorado em 2019. Segundo uma pesquisa realizada pela Animoto, empresa produtora de vídeos em diversos formatos, foi mostrado que 64% dos consumidores se decidem por uma compra depois de assistir ao vídeo.

As Live Streaming também continuam a todo vapor em 2019, trata-se das cada vez mais frequentes lives, que surgiram em 2016 e atualmente é um recurso de muitas marcas que desejam se destacar entre o seu público.

A ideia da live é fazer com que a pessoa tenha a sensação de que aquela informação faz parte da sua vida, é como ‘estar dentro do vídeo’. O que se deve levar em conta na produção de conteúdo em vídeo é:

# Precisa ser envolvente;

# É necessário que seja compatível com os dispositivos móveis;

# É importante existir uma periodicidade de postagens.

  • Topic Cluster

Se ainda não ouviu falar nesse termo, saiba que Topic Cluster é uma estratégia de SEO, que tem se tornado cada vez mais popular e em 2019 será mais comentada. Segundo o portal Resultados Digitais, se trata de um conteúdo sobre determinado tópico que é desenvolvido e se transforma em um ‘pilar’, sendo assim, conteúdos relacionados ao tópico são chamados de ‘clusters’, também tratados como ‘posts satélites’, que são conectados entre si por meio de links internos.

Essa maneira de organização  de um conteúdo foi criada pela HubSpot com base na análise do comportamento das pessoas nas buscas na internet e em como os mecanismos de busca respondem às dúvidas das pessoas.

  • Pesquisa por voz

Outra importante tendência de produção de conteúdo para 2019 é que os conteúdos sejam adaptados para pesquisa por voz. A Google tem investido cada vez mais nessa interface, a pesquisa por voz eleva os níveis de SEO e confere uma melhor posição do conteúdo nos mecanismos de busca.

Confira: Fornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

  • Autenticidade

De acordo com a Pesquisa Global Consumer Insights 2018, realizada pela PwC, foi mostrado que os clientes desejam entender as marcas, e que a confiança é um fator essencial no momento da tomada de decisão por um produto/serviço.

Já segundo o Estudo de Marcas Autênticas (Authentic Brand Study), realizado em 2017, pela Cohn e Wolfe, foi revelado que os consumidores avaliam a autenticidade no momento de se decidirem por uma marca.

Toda interação do cliente seja pela internet ou pessoalmente deve ser benéfica, a honestidade e autenticidade atraem os clientes para uma marca.

  • Equipes cada vez mais engajadas

Outra tendência em produção de conteúdo para 2019 é que as equipes envolvidas estejam plenamente engajadas em abordagens cada vez mais criativas e colaborativas, que atraiam o público para os mais diversos segmentos de negócio.

Conteúdos não se vendem sozinhos, é preciso contar com o engajamento de uma equipe que além de dominar diferentes formatos de produção de conteúdo, também consiga dominar as ferramentas capazes de divulgá-lo.

Leia também: Vantagem das redes sociais – 10 razões para ser ativo no mundo digital

Se aprofunde nessas tendências em produção de conteúdo para 2019

O foco principal do conteúdo, independentemente da plataforma da qual será parte, é ‘conversar’ com o público, é sempre levar uma solução e, em muitos casos, a pessoa sequer percebe que tem um problema a ser resolvido. A ideia do conteúdo excelente é prever, é estar adiante, é levar luz.

As marcas estão cada vez mais conscientes do poder do conteúdo. Não importa o segmento do negócio: a ideia do conteúdo na internet é revolucionar cada vez mais a maneira como é consumido.

Escrever sobre qualquer assunto – é possível?

escrever sobre qualquer assunto

A resposta é sim… É possível escrever sobre qualquer assunto e todos os temas podem ser abordados com técnicas específicas e dedicação. Mas antes de conhecer importantes dicas sobre como pode produzir conteúdos em torno de qualquer tema que queira, é preciso antes compreender sobre o que é conteúdo web.

 

O que é conteúdo web?

De acordo com a produtora de conteúdo, Rock Content, o conteúdo web é aquele criado com foco no funil de vendas e é planejado em torno dele. Aquele que produz conteúdo na internet deve escrever com foco nos objetivos da persona (do perfil de cliente dentro do público-alvo), de maneira que esse conteúdo possa alcançá-lo.

Funil de vendas também pode ser tratado como pipeline e explicado de maneira resumida, se refere a um modelo estratégico que aborda a jornada do lead (potencial cliente) desde o primeiro contato com uma empresa, até mesmo depois de se tornar cliente como aquele que se relaciona com a marca.

Leia também: Conteúdo para a área da saúde – como produzir?

 

Escrever sobre qualquer assunto – Confira 7 dicas importantes

Para algumas pessoas, escrever um texto pode parecer um pesadelo, principalmente quando não se conhece o tema a ser abordado. Atualmente, há empresas especializadas em produção de conteúdo, com profissionais engajados em pesquisas, como é o caso da Biquara Contents, da Rock Content, entre outras.

Para te ajudar nessa tarefa, listamos 7 dicas que te ajudarão a escrever sobre qualquer assunto.

  1. Intensa pesquisa – Se você não sabe nada sobre o tema que irá abordar ou sabe superficialmente, precisará procurar dados e mergulhar no tema, para que compreenda e possa escrever com precisão e riqueza.
  2. Comece com um esboço – Após a pesquisa, faça um esboço indicando quais os assuntos serão abordados no texto e a ordem em que estarão.
  3. Use linguagem clara – Aproveite todos os dados importantes obtidos a partir da pesquisa que realizou, não é o excesso de palavras que fará a diferença, mas a construção de ideias a partir de palavras. O texto precisa ser claro para o leitor e o mais didático possível.
  4. Saiba conquistar – O desafio é por meio da linguagem fazer com que o leitor conheça sobre o tema e se sinta ‘bem informado’. Uma maneira de deixar o texto mais atrativo é se utilizar de exemplos práticos ou de metáforas que possam ligar o leitor ao assunto.
  5. Sem pressa – Se o assunto for desconhecido, o tempo que precisará para escrever é maior. Não existe pesquisa rápida e simplesmente ‘sair escrevendo’, saiba que levará algum tempo. Quanto tempo? Apenas você saberá ao mergulhar nessa tarefa.
  6. Não seja prolixo – Se você tem uma tendência a complicar assuntos simples, se policie e procure mudar isso. Leitores não se atraem por textos muito complexos, a internet requer dinamismo.
  7. Se aprimore – Uma das principais dicas para escrever sobre qualquer assunto em língua tão complexa e repleta de regras como o português, é se cercando de boas referências. Leia mais, ter contato com livros te aproxima de um repertório rico de palavras e linguagens. Se o seu problema é a falta de tempo, estipule uma atividade: leia um livro por mês, se for um livro de 300 páginas, por exemplo, lendo 10 páginas ao dia você cumpre a atividade.

Confira: Informar com qualidade – Por que é tão importante?

 

Conteúdo para a área da saúde – como produzir?

Você acaba de integrar a equipe de uma agência e um dos clientes que vai atender é uma clínica de Urologia, você nunca escreveu sobre saúde antes e tem muitas dúvidas de como produzir conteúdo para a área da saúde? Esse post é para você.

Primeiro é preciso entender como é importante hoje para profissionais de saúde ter excelentes conteúdos no meio digital. Muitas coisas têm mudado, há alguns anos, por exemplo, profissionais, clínicas e hospitais preferiam alguns meios à internet como: mídias tradicionais (TV, rádio, jornal impresso, etc.), a realização de eventos e congressos, a veiculação de outdoors, etc.). Mas a era digital impõe mudanças.

No portal Resultados Digitais (aqui), essa importância de acompanhar as transformações impostas pela era digital e de argumentar sobre a necessidade de investir nesse segmento, é exemplificada por meio do futebol nos Estados Unidos. Diferente do Brasil, o país reverencia outros esportes atrelados a sua cultura como o beisebol, basquete, futebol americano, entre outros, portanto, o futebol é um esporte que nos Estados Unidos precisa de mais disseminação, de ações de incentivo para ser mais praticado.

Há duas reflexões sobre o conteúdo digital a partir desse exemplo: a primeira é que os resultados que oferece em termos de visibilidade e conversão em clientes e vendas é sem dúvidas superior a qualquer outro meio de comunicação; a segunda é que o conteúdo específico, neste caso, sobre saúde, deve ter um caráter educativo, se for tomado como exemplo o futebol nos Estados Unidos: “O que os americanos ainda não sabem sobre o futebol?” Entendeu?

Leia também: Como escrever um texto informativo para empresas? Veja exemplos

 

7 orientações de como escrever conteúdo para a área da saúde

Se você precisa escrever conteúdo para a área da saúde, preste atenção nessas dicas de escrita voltadas para esse tema. Confira a seguir.

  1. Linha editorial – O que o profissional, o que a clínica ou hospital desejam que seja veiculado na internet? Primeiro comunique-se com o cliente e entenda sobre o que ele deseja falar e como deseja falar.
  2. Ghost Writer – Essa é uma tendência comum nos Estados Unidos, grandes escritores, como o é caso do Stephen King, adotam essa prática. Trata-se de um profissional que escreverá sobre um tema em nome de alguém. Muitos profissionais de saúde adotam esse modelo ghost writer, mas para seguir essa linha é fundamental manter estreita comunicação com o cliente que será atendido.
  3. Conteúdos educativos – A maioria dos assuntos sobre saúde reúne uma série de complexidades, o desafio para o profissional que precisa escrever conteúdo para a área da saúde é conseguir repassar as informações de maneira que as pessoas consigam compreender.
  4. Muita pesquisa – Todos os temas demandam vasta pesquisa e muito mais os temas sobre saúde. Esteja muito alinhado com o assunto a ser tratado, tire dúvidas com o especialista antes de escrever, procure por artigos científicos sobre o tema. Uma dica é usar o Google Acadêmico (confira).
  5. Foque na qualidade – Um conteúdo sobre saúde demanda maior cuidado ao ser produzido, por isso, argumente em caso de prazos muito curtos para a entrega de conteúdo, não se escreve sobre assuntos complexos de uma hora para a outra.
  6. Cuidado com a menção de medicamentos ou substâncias – Mesmo se for um pedido do especialista, clínica ou hospital, procure se assegurar se as informações sobre substâncias e medicamentos estão mesmo corretas. Muitas pessoas recorrem a conteúdos sobre saúde como uma espécie de ‘consulta’, e por isso, mencionar medicamentos não é muito indicado.
  7. Humanize o conteúdo – Há assuntos difíceis de ser tratados em saúde, por isso é importante humanizar o conteúdo, colocar ainda que de uma maneira sutil, um toque de sensibilidade, afinal, saúde trata de pessoas.

Atualmente, há muitas agências de conteúdo que atendem diversos temas, inclusive saúde, como é o caso da Biquara Contents, da Rock Content, entre outras. Escrever conteúdos de qualidade, com técnicas e relevantes na internet é o que o mundo digital pede. E para o profissional, ter a sua marca bem representada por meio de conteúdo na era digital é sinônimo de sucesso.

Vantagens das redes sociais – 10 razões para ser ativo no mundo digital

São muitas as vantagens das redes sociais para um negócio, atualmente, com o constante avanço do mundo digital e com tantas novidades que surgem a cada momento, é importante estar na onda, se quiser fortalecer e consolidar a sua marca.

A primeira dúvida que surge em um primeiro momento é: qual rede social devo escolher? A resposta é uma pergunta importante: onde o seu público está? Se você for do ramo de negócios, por exemplo, o ideal,  além do Facebook e Instagram, é ter uma participação no LinkedIn e até no Youtube.

Já se a sua marca está ligada ao público jovem e se a linguagem que utiliza é mais informal, descontraída, redes como o Twitter, YouTube e até o Tumblr podem ser exploradas. Embora o Tumblr não seja tratado diretamente como rede social, é uma plataforma que gera grande interação entre blogueiros, permitindo o compartilhamento de textos curtos, imagens, gifs, músicas, entre outros, e tem recursos parecidos com o do Facebook, permite curtidas.

A rede social Instagram anunciou neste ano (confira) que tem 1 bilhão de novos usuários ao mês. Para concorrer com o YouTube, foi anunciado em evento em São Francisco, que o Instagram lançará o IGVT, aplicativo que permitirá que usuários assistam vídeos de até uma hora.

Dentre as muitas vantagens das redes sociais, nós separamos 10. Saiba porque é tão necessário interagir com o seu público usando o meio digital.

Confira: 6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

 

Vantagens das redes sociais – 10 principais

1 – O seu público é participante online – A internet faz parte hoje da vida de bilhões de pessoas no mundo. Gera comodidade, encurta distâncias e muitas pessoas preferem resolver os seus problemas por meio da internet, como comprar, pagar, se informar, se divertir, etc. Se quiser alavancar a sua marca, participe do meio digital e esteja presente na interação com o seu público.

2 – Possibilidade de segmentar o público – Cada post em rede social pode ter um propósito diferenciado. Você pode escrever para parte do público que já é seu cliente, com a finalidade de estreitar as relações, de informar, de esclarecer, etc. Mas você também pode postar para o público que ainda não consome a sua marca. Com o recurso do Facebook Ads, por exemplo, você pode selecionar o público-alvo que deseja que visualize as suas postagens, com base em informações como: preferências, comportamento, idade, etc.

3 – Gera confiança – A interação e o ato de humanizar a relação entre você e o seu público geram em longo prazo, confiança. Em cada interação com o seu público  há oportunidades de gerar uma excelente experiência com a sua marca.

4 – Torna a marca conhecida – Faz parte das vantagens das redes sociais para o seu negócio o posicionamento e visibilidade da sua marca. O mundo digital pode fazer com que conquiste mais pessoas, o que não seria possível por mídias tradicionais. Tem acompanhado as notícias sobre grandes revistas que têm deixado de circular no Brasil? (veja matéria) Isso é reflexo da forte presença do mundo digital, da necessidade de que os meios de comunicação estejam online, porque as pessoas ou ‘usuários’ estão online.

5 – Custo-benefício – Se comparada a outras mídias, as redes sociais oferecem muitas vantagens quanto a custo mais baixo e retorno de resultados mais rápidos.

6 – Permite interação criativa – Participando das redes sociais e ao estar onde o seu público está, é possível conversar a língua dele, usar de criatividade preparando conteúdos de qualidade diferenciados e que possam alcançar mais pessoas. Usar um meme do momento ou convidar um influencer do mundo digital, que se encaixe à sua marca pode ser uma boa estratégia – esse foi o caso da Freeco que teve o seu produto apresentado pela Youtuber JoutJout (veja abaixo)

7 – Análise de concorrência – Ver como o concorrente engaja o público por meio das redes sociais, pode dar insights sobre o que pode ser feito para que melhore a sua maneira de interagir com o seu público.

8 – Melhor posicionamento nos motores de busca – Em termos de SEO, quanto mais menções a sua marca tiver, mais facilmente o seu negócio será encontrado no meio digital. É claro que é essencial que exista conteúdo otimizado de qualidade no blog da sua marca e que este conteúdo seja divulgado nas diferentes redes sociais para o seu público.

9 – Pode impactar – A cada post e interação com o seu público há chances de conquistá-lo a ponto de que prefira a sua marca. Há estratégias de comunicação que devem ser trabalhadas no engajamento por meio das redes sociais.

10 – Cria autoridade para o seu negócio – Dentre as muitas vantagens das redes sociais está a possibilidade de ver o sentimento geral dos que consomem a sua marca. Se você é ativo na interação com o seu público e tem se empenhado na comunicação no meio digital, saiba que a probabilidade de que o sentimento geral do seu público seja positivo é grande.

Aprenda a usar as redes sociais a favor do seu negócio. Seja ativo, participe, interaja, comunique de maneira estratégica, lembre-se de algo muito importante: o sucesso de uma marca está na consciência do poder da era digital.

Leia: Informar com qualidade – Por que é tão importante?

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.

Fornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

Fornecedores de conteúdo – já ouviu falar? É uma maneira que tem se popularizado de tratar as empresas que produzem conteúdo, inclusive, muitas agências de marketing digital costumam terceirizar os serviços de produção de conteúdo a outras empresas, que são chamadas de fornecedores.

O portal Resultados Digitais (confira), quando se refere a marketing de conteúdo, dá como exemplo a empresa do segmento de máquinas agrícolas John Deere, que em 1895 publicou a primeira edição da revista The Furrow, focada no compartilhamento de conteúdo com o público interessado em agricultura. A empresa não ‘empurrava’ os produtos, apenas focava em informar.

O resultado dessa estratégia de marketing de conteúdo bem aplicada da John Deere, foi que, por meio dos conteúdos, as pessoas passavam a descobrir dores que até então desconheciam e ao necessitar de uma compra, lembrariam de uma marca de confiança. Conteúdos de qualidade com estratégias adequadas geram confiança.

O marketing de conteúdo gera leads (atrai potenciais clientes), por isso é tão importante que você escolha uma agência de conteúdo digital com um excelente histórico de produção de conteúdo e que atenda a alguns importantes requisitos.

 

Fornecedores de conteúdo – requisitos para a melhor escolha

Flexibilidade – Um bom fornecedor de conteúdo está preparado para as possíveis mudanças que poderão ser solicitadas pelo cliente. Nem todos os profissionais de conteúdo realmente se envolvem com o negócio/marca e têm essa flexibilidade.

Conhecimento do segmento – Não basta contratar os serviços de uma agência de conteúdo digital sem se certificar de que os profissionais produzirão conteúdo alinhado com as suas estratégias e com visão nos resultados que pretende alcançar.

Quem é a persona? – Bons fornecedores de conteúdo conhecem o público-alvo do negócio que será atendido, estarão por dentro da persona (perfis de pessoas em cada segmento do público do negócio) e conseguirão atender a essas personas com conteúdo rico, que atenda às suas necessidades.

Prazos – É essencial que entre empresa e agência ou entre agências haja transparência na comunicação, planejamento em relação aos prazos para a entrega dos materiais, de maneira que nenhuma das partes se prejudique. Quem contrata os serviços de fornecedores de conteúdo precisa também de flexibilidade e compreensão de que um material rico leva tempo e de que a agência contratada também conta com a demanda de outros clientes.

Qualidade – Conhecer o histórico do fornecedor e se atentar ao portfólio da agência de conteúdo digital é fundamental. O que faz a diferença em uma estratégia de content marketing é a excelente qualidade do conteúdo.

Veja também: 6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

 

Produção de conteúdo não é ‘express’

Tenha o pé atrás com agências de conteúdo que prometem entrega quase imediata, escrever exige tempo, técnica, conhecimento, prática e pesquisa. Conteúdos não nascem do dia para a noite.

O ideal é procurar por fornecedores de conteúdo que possam ser chamados de parceiros, com os quais se pode contar em uma relação de confiança em que se respeitam os diferentes processos.

Como atrair clientes com conteúdo? É o seu questionamento? Além da qualidade unida à técnica, é preciso que o conteúdo esteja dentro da ideologia da sua empresa.  Se uma agência de conteúdo consegue te entregar essa solução, então se trata de um bom fornecedor de conteúdo e o próximo passo é fortalecer essa parceria!

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.

Marcando presença no mundo digital – destaque-se!

Atualmente, não há como destacar a sua marca se não for marcando presença no mundo digital. A internet tem dominado o planeta e cada vez mais pessoas utilizam esse meio no dia a dia.

Dados divulgados em 2016 (confira), da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad C) publicada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostraram que no Brasil, há 116 milhões de pessoas usuárias da internet. O celular é o dispositivo móvel mais usado, foi citado por 94% das pessoas com acesso à rede.

Já na pesquisa Digital in 2018 (aqui), divulgada pelo Hootsuite e We are Social, foi mostrado que mais da metade da população do mundo acessa a internet, representando mais de 4 bilhões de pessoas.

Marcando presença no mundo digital o seu negócio ganha visibilidade e as possibilidades de converter os acessos ao site da empresa em clientes, se tornam maiores.

Se alguém deseja saber mais sobre a sua marca, pesquisará na internet, inclusive, para saber a opinião de outros clientes. Se essa pessoa não te encontrar no meio digital, vai encontrar o concorrente, ou seja, uma oportunidade valiosa é jogada fora.

Confira: 6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

 

Marcando presença no mundo digital – os benefícios para o seu negócio

Faz parte da definição de presença digital fazer bom uso das ferramentas no mundo virtual, tornando-se relevante e conquistando a confiança do seu público.

Quer fazer a diferença na internet marcando presença no mundo digital? Confira 5 dicas importantes:

  1. Invista em Conteúdo – Para que o seu público seja conquistado, é importante investir em conteúdos de qualidade, postados periodicamente em um blog dentro do teu site. Conteúdos bem elaborados, otimizados com técnicas de SEO, são fundamentais para o bom posicionamento da tua marca na internet.
  2. Engajamento com o público – Não basta estar em todas as redes sociais, é preciso estar onde o seu público está. Quais são os meios de comunicação em que seu público interage? O bom relacionamento com os clientes faz toda a diferença. Mas vale lembrar que o Instagram e Facebook são as redes mais importantes, mas públicos mais jovens, por exemplo, costumam interagir mais em meios como o Twitter e YouTube.
  3. Plataforma de fácil acesso – É importante que os clientes tenham com o seu site uma boa experiência, que pode levar um usuário ‘potencial cliente’ (lead) a um cliente de fato. Já experimentou entrar em um site confuso em que não conseguiu localizar as informações que queria? O que fez? Provavelmente saiu em poucos segundos.
  4. Linha de comunicação – Para fazer a diferença marcando presença no mundo digital é preciso adotar uma comunicação clara e que seja comum a todos os canais digitais que tiver escolhido para a sua marca.
  5. Se atualize frequentemente – O mundo digital exige constante atualização. É preciso estar por dentro do que está rolando de novidades na internet, de qual é a ‘nova onda’ entre as redes sociais e saber usar as novidades a favor do seu negócio.

Faz parte da definição de presença digital causar uma ótima impressão no cliente, desde o início da interação com a sua marca. E lembre-se: o desafio depois de conquistar o seu público é mantê-lo engajado.

Veja também: Gerar conteúdo para a internet – confira dicas importantes

Pense no conteúdo como ferramenta para atrair clientes. Nós podemos te ajudar. Lembre disso.

6 dicas essenciais para conquistar novos clientes com conteúdo estratégico

Não é nenhuma novidade que o marketing digital tem sido uma das principais ferramentas que exemplificam como conquistar novos clientes com conteúdo através da informação de qualidade.

Quando precisa de um serviço ou mesmo tem uma dúvida, por exemplo, sobre estoque para sua empresa, além de consultar um amigo ou alguém próximo, a internet tem sido a principal ferramenta para sanar dúvidas e apontar possíveis direcionamentos.

Por essa razão é imprescindível que os conteúdos da sua empresa estejam totalmente alinhados com as principais dúvidas, preocupações e anseios para fidelizar e atrair novos clientes.

Confira dicas para atrair novos clientes com as redes sociais e blog e use a comunicação a favor dos seus negócios.

O Inbound Marketing é uma ferramenta que vai muito além de conquistar novos clientes com conteúdo, mas fortalecer laços e ser um apoio nos momentos necessários. Será que o seu conteúdo está falando com o seu cliente?

Conteúdo alinhado com os interesses do cliente

É muito importante antes de iniciar qualquer trabalho em marketing digital avaliar se o conteúdo produzido ‘fala’ com o público alvo, essa é uma das principais estratégias do Inbound Marketing.

Como um texto ou imagens nas redes sociais podem dialogar com o cliente:

  1. Informe sobre novidades no setor de interesse do público alvo;
  2. Esclareça sobre as principais dúvidas do consumidor/público em relação ao seu serviço/produto;
  3. Quais são as principais ‘dores’ do cliente em relação ao serviço prestado e como a sua empresa pode solucionar;
  4. Agregue valor ao serviço que a sua empresa oferece e acima de tudo, como pode ajudar o cliente;

Mantenha uma atualização diária de dicas profissionais que possam auxiliar o cliente e torná-lo seguidor da sua página.

2 Qual a importância de um bom planejamento de conteúdo?

Após avaliar a persona e todas as reais necessidades do público alvo é hora de criar um planejamento estratégico de conteúdos. A organização é também um ponto crucial para quaisquer resultados em SEO e Inboud Marketing.

Manter as atualizações organizadas por datas e periodicidade é de suma importância para bom posicionamento nos mecanismos de busca. Fique atento a essa etapa e exija organização da redação para conquistar novos clientes com conteúdo.

Leia também: Informar com qualidade – por que é tão importante?

Os temas definidos no planejamento devem estar alinhados as necessidades do cliente, serviços da empresa e novidades no setor de interesse. A linguagem, abordagem dos temas, títulos, devem seguir a identidade do público.

São jovens de 18 a 25 anos? Esse público anda de skate? Obviamente nesse caso toda a linguagem será reconfigurada para dialetos do dia a dia da ‘galera’ que curte o esporte.

3 Linguagem direta, clara e assertiva!

A linguagem faz toda diferença na etapa de conquistar novos clientes com conteúdo. Seja conteúdos visuais ou artigos escritos, o teor dos textos, temas trabalhados e a entonação adquirida precisa ser familiarizada com a identidade da empresa, como também com a persona a ser alcançada.

4 O que é persona?

Persona é a definição do cliente e suas principais características na hora de adquirir o produto ou serviço oferecido pela empresa. Essa etapa vai exigir uma boa e minuciosa pesquisa por parte da equipe de marketing e publicidade. Perguntas certas irão gerar respostas e informações cruciais para definição do perfil.

Na estratégia de conquistar novos clientes com conteúdo, anterior a essa etapa, o processo de identificação da persona é essencial. São essas as informações que irão direcionar os redatores a produzirem conteúdos e adquirir o tom correto dos textos para um Inboud Marketing de sucesso.

5 SEO é obrigatório!

A sua equipe de redação pode ser fera, pesquisar muito sobre os temas e ter uma ortografia e semântica impecável, porém na era digital, essas características não são o bastante para conquistar novos clientes com o conteúdo.

Portanto, os textos e tudo o que for divulgado, seja nas redes sociais ou no blog, devem ser estrategicamente planejados.

Confira: Sinais de um bom conteúdo – veja quais são os principais.

6 Qualidade é essencial!

Pensar que os conteúdos otimizados abrem mão da qualidade é mito! A etapa de pesquisa e o aprofundamento dos temas, tal como a abordagem agradável são características essenciais para um bom conteúdo.

Ser original é outra característica valorizada em qualquer artigo informativo. Procure explorar temas por outro ponto de vista, seja crítico, analítico e agregue conhecimento ao leitor.