Saúde é um tema sério, prefira ESPECIALISTAS

Arquivo em Fevereiro 2019

O que é um conteúdo Guest Post e como usar a favor do blog?

conteúdo guest post

O termo guest post em sua tradução livre quer dizer ‘post convidado’ e funciona de maneira simples – alguém é convidado para escrever em um site/blog. Se você tem um site, faz o convite a um especialista dentro do teu segmento de atuação. Na maioria dos casos, os sites ‘se convidam’ para a publicação de um guest post.

Os conteúdos guest post fazem parte de uma estratégia de SEO, mais precisamente de linkbuilding, que tem como finalidade aumentar a visibilidade de um site nos motores de busca, que explicado da maneira mais simples quer dizer ‘tornar o site visto’.

Reais vantagens do conteúdo guest post

  • Oferecimento de conteúdos de alto valor – A modalidade de guest post pode ser importante para os blogs que estabelecem uma parceria, porque ambos têm a possibilidade de agregar material de alto valor ao seu acervo, o que é altamente importante em termos de fortalecimento do domínio (relevância) de um site na internet.
  • Alcance de nova audiência – Até que um site se consolide no meio digital leva um certo tempo e dedicação, e há muitos sites se dedicando na busca por mais visibilidade. Essa estratégia de conteúdo guest post pode ajudar um blog a alcançar nova audiência, levando a sua marca a pessoas que a desconheciam até então.
  • Guest post confere autoridade no segmento de atuação – Se um blog (que se refere a uma marca) consegue estar presente em inúmeros outros sites relevantes, como voz de especialista, em pouco tempo, ganhará uma posição de autoridade dentro do tema.
  • Melhor posicionamento nos motores de busca – Como já foi mencionado, o conteúdo guest post faz parte da estratégia de linkbuilding. Quanto mais links de um site/marca estiverem em sites relevantes na internet, melhor será o posicionamento orgânico (natural) nos motores de busca, sendo o Google, o principal deles.

ConfiraFornecedores de conteúdo – Saiba como escolher o melhor

Deseja aplicar a estratégia de Guest Post e não sabe por onde começar?

Faça uma busca estratégica por sites parceiros e organize essas informações. Coloque o endereço do site, qual a autoridade do domínio (aqui sugestão de ferramenta gratuita), coloque o setor de atuação, endereço de e-mail e tenha um controle de se já foi ou não contatado.

A ideia é procurar por sites que façam sentido para a parceria guest post, se alguém tem um site sobre culinária vegana não faz nenhum sentido ter um conteúdo publicado em um site de receitas tradicionais. É preciso fazer sentido para que em termos de SEO funcione!

VejaSinais de um bom conteúdo – Saiba quais são os principais

E como deve ser o conteúdo Guest Post?

O conteúdo a ser enviado para um site de segmento semelhante não é o mesmo que é publicado habitualmente no blog. É preciso ser um artigo coerente com a temática, com a maneira de abordagem dos assuntos do site, como é explicado por Neil Patel em artigo na HubSpot. Os portais de grande qualidade na internet contam com profissionais experientes que estão sempre muito atentos a analisar um conteúdo.

O título precisa ser ótimo, o assunto principal precisa estar logo no primeiro parágrafo, a informação precisa ser consistente e original. Em casos em que um blog deseja trabalhar com essa modalidade de guest post, mas não tem alguém na equipe que possa fazer um conteúdo especializado para esse tipo de ação, o indicado é procurar por uma empresa especialista em conteúdo, para que a estratégia de fato funcione.

Como simplificar a escrita sem banalizar o texto?

simplificar a escrita

Podem surgir muitas dúvidas quando se fala na importância de simplificar a escrita, algumas pessoas podem confundir o ‘tornar mais simples’ com a banalização do conteúdo, mas uma coisa não tem relação com a outra.

Simplificar a escrita tem relação com tornar o conteúdo de mais clara compreensão. A principal ideia é que o público compreenda o que se está querendo dizer por meio do texto e que enxergue no conteúdo, valor, sendo assim, manterá a leitura e as chances de consumir o conteúdo até o final, aumentam.

Confira: Tendências em produção de conteúdo para 2019

Simplificar a escrita, tornando o conteúdo mais claro em 7 passos

  1. Saiba o que comunicar – Antes de começar no processo de escrita, faça uma definição do assunto que irá tratar, estabeleça quantos tópicos haverá no conteúdo. O texto ‘limpo’ sem excessos de rodeios é muito mais atraente para o público
  2. Entenda sobre a sua audiência – Essa é uma dica que pode parecer óbvia, mas é fundamental que conheça o seu público e que escreva usando termos e linguagens de fácil entendimento a essa audiência. Vamos utilizar como exemplo um programa infantil: por que as crianças gostam tanto e os adultos se sentem irritados? O roteiro/conteúdo está voltado totalmente à audiência, à linguagem, maneira de falar, aos hábitos das crianças;
  3. Explique termos não conhecidos do público – Se no texto, surge um tema um pouco mais complexo, é primordial que se explique com detalhes ao público. Palavras em outro idioma, siglas e termos, devem ser explicados no conteúdo para não deixar no público a sensação de se sentir desnorteado. Evite palavras que não sejam comumente usadas no cotidiano;
  4. Faça um esboço antes de começar a escrever – Pense em frases curtas que remetam ao tema que irá abordar. Isso pode ajudar no momento da elaboração do texto, tornando-o até mais inspirador para quem lê;
  5. Evite as confusões – Ao revisar o conteúdo, veja se não existe confusão com mais de uma ideia sendo explorada em um mesmo parágrafo, isso pode confundir o leitor, fazê-lo ler mais de uma vez, e se mesmo assim, não compreender, pode levá-lo à desistência do conteúdo;
  6. Cuidado com as palavras longas – Evite ao máximo usar palavras de grafia extensa, a não ser que realmente sejam fundamentais no conteúdo. Palavras muito longas podem comprometer a clareza do texto;
  7. Tenha consistência ao escrever – Em um site, os conteúdos devem apresentar alta qualidade e as informações devem estar claras e bem estruturadas, menos é mais, quanto mais limpo de excessos for um conteúdo, mais atrairá o público.

Leia: Dicas de empreendedorismo para freelancers de sucesso

Tornar simples não significa retirar o valor de um texto

Simplificar a escrita definitivamente está relacionado com o tornar o conteúdo fácil de entender, mas de forma alguma, quer dizer que o texto terá menos valor. Aliás, tornar um conteúdo mais simples não é fácil, é preciso ter muito cuidado no momento de revisar. Retirar os excessos e melhorar a compreensão é fundamental para um conteúdo claro e poderoso.

A ideia de um conteúdo claro é simples – a mensagem é repassada e o público compreende. Uma escrita simples chega a mais pessoas. Que tal repensar a maneira de produzir conteúdo ao público?

Dicas de empreendedorismo para freelancers de sucesso

O trabalho freelancer é de origem de alguns cenários, como: desemprego, busca por horários mais flexíveis ou redução de custos com um profissional fixo na empresa.

No último relatório do Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) aponta que mais de 13 milhões de brasileiros estão desempregados, porém, 80% não estão parados e procuram por alternativas “empreendedoras” para suprir as necessidades financeiras.

Na impossibilidade de um emprego fixo, muitas pessoas optam pelo trabalho como freelancer e empreender seu próprio negócio. É fácil? Não. É instável? Sim!

Mas a boa notícia é que atuar no mercado informal proporciona crescimento e você será estimulado a aprender como administrar suas finanças e até multiplicá-las de forma inteligente.

Aqui vamos reunir algumas dicas de empreendedorismo para freelancers e trabalhadores informais. Como tornar visível o seu negócio, atrair clientes fixos e ampliar o seu network. Confira.

Prepare-se para ter regras e planejamento

Existe um pensamento comum e totalmente errado de que o freelancer ou profissional liberal são aquelas pessoas que fazem o que querem, não cumprem horários e não tem chefe.

Essa é uma visão imatura e irreal sobre o empreendedorismo. O cliente é o chefe mais exigente que qualquer profissional poderia ter. E você vai entender a razão.

Leia também: Comunicação assertiva – dicas para obter sucesso no seu discurso.

Quando você falha no ambiente corporativo, por exemplo, o máximo que vai levar é uma bronca ou dependendo do temperamento do líder, nem isso, mas uma observação sobre a falha. Depois resolvido, basta não repetir o mesmo erro. Seu emprego está intacto.

Já com o cliente tudo muda. Uma má experiência seja no atendimento, ou na oferta dos seus produtos ou serviços, você perde um cliente e dá brecha para ele ir até a concorrência.

Se não se atentar a essa falha, perde dois clientes, três e em pouco tempo vai por água abaixo todos os seus objetivos.

Confira: 7 dicas para falar bem em público e defender as suas ideias.

Se o seu propósito é fazer aquilo que deseja, não cumprir horários e não ter um planejamento seja do seu dia a dia ou na prestação de serviços, o empreendedorismo ou trabalho freelancer não é para você.

Organização é lei!

Outro ponto muito importante para quem deseja empreender é a organização. Não pense você que o cliente não observa isso.

Aliás, é uma das primeiras questões a serem observadas, afinal, profissionais organizados dificilmente não vão cumprir com aquilo que prometem e aqui explico a razão.

A organização externa é um reflexo da nossa mente e de como estamos capacitados para oferecer aquilo que prometemos ao cliente.

Por mais que os seus serviços como freelancer ou consultor, por exemplo, seja esporádico, é preciso cumprir horários, dias específicos e possuir uma agenda para a realização dos trabalhos. O dia a dia está muito corrido e o auxílio de profissionais organizados faz toda a diferença.

O intuito é ajudar o cliente e não conturbá-lo. Ou seja, vai obrigatoriamente precisar se organizar, o cliente repara e se ele for desorganizado, você pode conduzi-lo.

Atitude e voz ativa

Embora o empreendedorismo seja vasto, com muitos perfis, existe um padrão de comportamento essencial: a atitude. Aliás, se você quer saber mais sobre empreendedorismo e receber dicas, confira o portal Nodari Consultoria.

No empreendedorismo e no exercício dos freelancers a atitude é que vai determinar o sucesso. Veja que interessante o significado da palavra atitude.

Não é apenas “agir” como o senso comum irá determinar. Atitude inclui uma série de características, inclusive sua postura física, tom de voz, o que você diz e se está de acordo com o contexto.

Ter atitude em momentos inapropriados, por exemplo, não vai ajudar o empreendedor em nada, pelo contrário, vai atrapalhar.

É preciso entender que muito além dos seus produtos e serviços, você está sendo avaliado e a sua empresa ou trabalho necessita ter a sua marca.

Afinal, qual é a sua marca? O que expressa a suas atitudes, seja por meio do empreendedorismo ou trabalho como freelancer.

Nem todo freelancer é empreendedor, mas pode se tornar

Ser freelancer é para muitas pessoas uma escolha e não uma “alternativa” ao desemprego. Quem escolhe o formato freelancer está consciente da instabilidade desse mercado, como a maioria dos trabalhadores, precisa de dinheiro e também possui compromissos financeiros.

Acontece que empreender não é simplesmente abrir um negócio, é um comportamento e visão. A partir dessa premissa, freelancers que possuem características empreendedoras podem investir nessa habilidade e ter sua carteira fixa de clientes.

Dicas para conquistar clientes fixos e construir sua marca ou empresa:

  1. Monte seu próprio site e domínio;
  2. Divulgue seus produtos e serviços nas principais redes sociais. Conte a princípio com o trabalho de especialistas em conteúdo digital, como Biquara Contents, RockContent, Motor de Conteúdo, entre outros.
  3. Faça um portfólio com todos os seus trabalhos. Não esqueça de apresentar os resultados obtidos;
  4. Faça uma pesquisa sobre o mercado: quem são seus concorrentes?
  5. Tenha um planejamento de negócios. Veja aqui como montar no site do Sebrae;
  6. Peça ajuda às pessoas experientes no setor em que deseja atuar.